Já sou cadastrado.
Inscrições encerradas.
regulamento


Faça aqui o download do regulamento em PDF

DO PRÊMIO

· Este prêmio é reservado apenas a educadores da rede municipal da cidade de Campinas, Uberlândia, Uberaba e Salvador; que participaram da capacitação.

· O Prêmio Leitura em campo foi criado pela Fundação Educar DPaschoal, que responde também por sua coordenação e execução.

· O Prêmio Leitura em campo tem por objetivo sensibilizar, motivar e fomentar a promoção da leitura, por meio das mais criativas contações de história.

· Este prêmio será concedido aos 3 educadores/contadores de história mais criativos, em reconhecimento às boas ações que fortalecem os vínculos afetivos do leitor com o livro. Para cada cidade haverá 3 ganhadores, perfazendo um total de 12.

· Este prêmio busca identificar os protagonistas destas ações, valorizar seus projetos e divulgá-los, para que suas dificuldades, soluções e metas auxiliem outros educadores e os estimulem a criar.

· O Prêmio Leitura em campo tem caráter exclusivamente cultural, não estando vinculado à compra de nenhum tipo de produto ou serviço, nem está subordinado ou vinculado a qualquer modalidade de sorte ou jogo, nem tampouco ao pagamento de qualquer valor, conforme previsão constante da Lei no5.768 de 20/12/1971 e do Decreto 70.951 de 09/08/1972. A participação neste Concurso Cultural é voluntária e gratuita, não havendo cobrança, nem despesas de qualquer espécie, por parte dos participantes.

DA ABRANGÊNCIA

· Prêmio Leitura em campo abrange as cidades de Campinas, Uberlândia, Uberaba e Salvador, em sua 1ª edição.

DOS PROCEDIMENTOS DE PARTICIPAÇÃO

· O Prêmio Leitura em campo é aberto a todos os educadores da rede municipal de ensino das cidades citadas anteriormente, que participaram da oficina de contação de histórias do projeto LEITURA EM CAMPO, e que usem a contação de histórias como ferramenta de incentivo à leitura.

· Utilizar os títulos infantis deste projeto, editados pela Fundação Educar: A gritadeira, O livro que não tinha fim e A semente da verdade,disponibilizada gratuitamente para as respectivas secretarias municipais de educação.

· Não podem se inscrever pessoas jurídicas e/ou físicas ligadas à Fundação Educar DPaschoal, realizadores, organizadores e apoiadores do Prêmio Leitura em campo.

· Cada participante poderá concorrer com apenas UMA inscrição, podendo usar um ou mais destes títulos em seu projeto. Os projetos desenvolvidos em grupo devem ser inscritos em nome de 1 (um) dos integrantes. O Prêmio Leitura em campo será entregue apenas ao inscrito. A Fundação Educar DPaschoal não se responsabiliza pela divisão do prêmio entre os demais integrantes do grupo.

DAS INSCRIÇÕES

· As inscrições são gratuitas.

· O período de inscrições para a edição 2012 do Prêmio Leitura em campo é de 25 de março a 30 de maio. Só serão aceitas inscrições dentro deste período.

· Inscrições via internet, pelo site www.alemdoencantamento.org.br

Inclusive com registros de vídeo, fotos, depoimentos e informações complementares à inscrição.

DA APRESENTAÇÃO DOS PROJETOS

O trabalho deve respeitar o seguinte roteiro:

· Objetivos (um breve resumo da atividade que pretende desenvolver e os resultados esperados);

· Justificativa (o que motivou sua escolha por esse tema/livro/atividade);

· Descrição dos recursos utilizados em planilha correspondente (Para que seja uma técnica replicável, é importante dizer quais recursos serão/foram utilizados);

· Metodologia (como foi desenvolvida a contação – passo a passo; como você ensinaria alguém a contar essa história, utilizando sua técnica);

 

DO PROCESSO DE SELEÇÃO

A avaliação dos projetos recebidos será feita realizando os seguintes critérios para a pontuação:CRIATIVIDADE; CLAREZA NA DESCRIÇÃO DA TÉCNICA; CORRETO USO DA LÍNGUA PORTUGUESA; REPLICABILIDADE.

· CRIATIVIDADE:

Capacidade de inovar e criar.

· CLAREZA NA DESCRIÇÃO TÉCNICA:

Apresentação objetiva e expectativas a ser atingidas. Estrutura simples e informações claras na metodologia.

· CORRETO USO DA LÍNGUA PORTUGUESA.

· REPLICABILIDADE:

Capacidade de se tornar referência para inspirar outros projetos. Baixo custo, para ser reproduzido em outras regiões/localidades.

DA PREMIAÇÃO

· A divulgação dos vencedores será realizada apenas na cerimônia de premiação.

· As 3 primeiras colocações de cada cidade receberão seus respectivos prêmios em cerimônia de premiação ainda a ser definida, quanto à local e data.

· As contações de história criativas e inovadoras inscritas neste prêmio, serão publicadas no site da Fundação Educar DPaschoal; e suas experiências, disponibilizadas a todos que desejem realizar projetos de leitura, por meio da contação de histórias.

· O Prêmio Leitura em campo será entregue da seguinte forma:

1º lugar:

Educador: 01 notebook; 01 mala com recursos para contações de história.

Escola: 01 acervo bibliográfico no valor de R$ 1.400,00.

2º lugar:

Educador: 01 máquina fotográfica; 01 mala com recursos para contações de história.

Escola: 01 acervo bibliográfico no valor de R$ 1.400,00.

3º lugar:

Educador: 01 mala com recursos para contações de história.

Escola: 01 acervo bibliográfico no valor de R$ 1.400,00.

 

OBS.: Este acervo será montado junto à Secretaria de Educação local. Caso entre os três primeiros lugares tenham educadores da mesma escola, o acervo será repassado ao 4º e 5º colocados, respectivamente. E assim, sucessivamente, se necessário for.

 

DÚVIDAS E ESCLARECIMENTOS

A Fundação Educar DPaschoal coloca-se à disposição para dirimir quaisquer dúvidas que se fizerem necessárias, desde seu lançamento até a premiação, pelo Fale conosco do site www.alemdoencantamento.org.br.

 

DAS CONSIDERAÇÕES FINAIS

· É facultado ao júri não outorgar o prêmio a nenhum dos candidatos inscritos. Todos os casos não previstos nas normas desta convocatória serão resolvidos diretamente pela Fundação Educar DPaschoal.

· Todas as contações de história, recomendadas pelo júri, podem fazer parte do Banco de Ideias da Fundação Educar DPaschoal e ficar disponíveis a todos que queiram encantar por meio de histórias.

· As suspeitas de fraude ou plágio serão automaticamente desclassificadas pela comissão.

· A inscrição no Prêmio Leitura em campo implica a aceitação expressa das normas aqui expostas.

· Os participantes autorizam e cedem o direito de uso de seu nome, voz e imagem para a utilização em toda a mídia impressa e eletrônica (cartazes, folhetos, fotos, filmes, spots etc.) para a divulgação do resultado do Concurso Cultural, à Fundação Educar, sem nenhum ônus e por prazo indeterminado.

· No caso de haver a participação de menores de 18 anos nos materiais enviados, é obrigatória a prévia autorização dos responsáveis legais, para que as imagens possam ser exibidas nos termos da cláusula anterior. A autorização é de inteira responsabilidade de cada participante; o não cumprimento da presente obrigatoriedade acarretará a exclusão do participante.

· Os participantes autorizam também, de forma irretratável e irrevogável, sem qualquer ônus e por tempo indeterminado para a Fundação Educar, o uso das técnicas de contações de histórias utilizadas na inscrição deste prêmio. A Educar utilizará estas informações livremente em seu site e, eventualmente, em materiais impressos, para estimular que outros educadores as multipliquem. Esta divulgação só será permitida se a Educar der o devido crédito ao educador responsável.

· A não apresentação de qualquer autorização que, eventualmente, for solicitada pelos organizadores deste prêmio, pode implicar na automática desclassificação dos envolvidos.

· Os casos omissos neste regulamento serão discutidos e resolvidos pela Comissão Julgadora.



realização: parceria: apoio:







© Fundação Educar DPaschoal